26 de junho de 2018

ADORAÇÃO EUCARÍSTICA EM FAMÍLIA



ADORAÇÃO EUCARÍSTICA EM FAMÍLIA

Catequista - Caríssimos Irmãos e Irmãs! Estamos vivendo um tempo de graça na catequese. Um tempo mais do que nunca propício para refletir sobre o papel e a importância da família na iniciação à vida cristã. É como Família da catequese que nos encontramos, nesta noite, em comunhão com os catequistas e toda a nossa comunidade paroquial, para juntos, adorarmos o Senhor.
As famílias cristãs precisam fundamentar sempre mais a sua fé na Eucaristia e na prática da adoração eucarística. De coração alegre e agradecido a Deus por este momento de adoração, invoquemos a Santíssima Trindade cantando.

Pai: Nesta noite, queremos colocar diante do Senhor todos os nossos filhos e o nosso desejo de sermos famílias discípulas e missionárias, comprometidas na evangelização de tantas outras famílias que precisam experimentar a verdadeira alegria que é conhecer Jesus, o missionário do Pai.

Mãe: Com fé vamos pedir ao Espírito Santo, que venha nos conduzir nesta noite para que possamos abrir nosso coração e nossa mente ao Senhor e sermos renovados como discípulos de Jesus que todos nós somos. Cantemos: A nós descei, Divina Luz!

Catequista: Este é um momento de reflexão, de intimidade de confidência com Deus, que está presente em nosso meio. E também de estarmos com Jesus Cristo, vivo e ressuscitado na Eucaristia, permitindo que Ele penetre fundo em nosso coração e em nossa vida.

Vamos em silêncio, acolher o SANTÍSSIMO SACRAMENTO.

Canto: Fica senhor comigo, preciso da tua presença para não te ofender.
Sabes quão facilmente sou fraco e te abandono preciso de ti para não cair.
Fica senhor comigo, se queres que eu te seja fiel. Seja-me aquele abrigo pois embora minh'alma, muito pobrezinha, deseja ser pra ti: Lugar de consolação, carinho e adoração, um ninho de amor então, quietude e profunda oração.
Não peço o que não mereço, mas tua presença ó Deus quero ter.
Fica senhor comigo, para que eu ouça a tua voz...
Fica senhor comigo, fica meu grande amigo (2x)
Tu és minha luz, sem ti ando nas trevas... Fica senhor, para me dar a conhecer tua vontade. Fica senhor comigo, fica meu grande amigo. Minh'alma é tão pobrezinha, seja meu único abrigo. Quero sua companhia, muito preciso ouvir-te Senhor, Tanto desejo amar-te, fica meu grande amor.

Padre: A adoração é a primeira atitude em que nos reconhecemos criaturas diante de nosso Criador, pois exaltamos a grandeza do Senhor, que nos fez. Por alguns instantes vamos silenciar nossa voz e nosso coração, para em silêncio adorarmos a Jesus. (num momento de silêncio adoremos a Jesus)

Pai: Jesus querido, aqui estamos em família, para prestar-lhe reparação e desagravo pela frieza, omissão e indiferença em que vivem muitas famílias.
Cantemos suplicando a misericórdia do nosso Deus e Pai.
Canto: Como a ovelha perdida, pelo pecado ferida, Eu te suplico perdão, ó bom pastor.  Kyrie Eleison,  Kyrie  Eleison,     Ky—ri—ie      Ele—e—e—ison
Como o ladrão perdoado, encontro o paraíso ao teu lado, Lembra-te de mim, pecador por tua cruz. Christe Eleison (3x)
Como a pecadora caída, derramo aos teus pés minha vida, Vê as lágrimas do meu coração e salva-me! Kyrie Eleison(3x)

Mãe: As famílias vivem momentos de insegurança, de medo e até de desânimo, diante das crises, como desemprego, drogas e alcoolismo, que estimulam a violência. Vamos pensar nas famílias que passam por estes problemas, e colocá-las no coração do Senhor.
Pai: Sabemos, Senhor, que é do Teu coração que vem a paz e amor, queremos que Você reine em nossas casas, em nossas famílias.
Canto: Podes reinar Senhor Jesus, oh sim. / O Teu poder teu povo sentirá!    
Que bom Senhor saber que estás presente aqui.  Reina Senhor neste lugar!

Pai: Pai amado, é pela graça do Batismo, da Crisma, da Eucaristia e do Sacramento do matrimônio, vivida em uma concreta experiência de fé e de caridade, que a família cristã se coloca como sinal e reflexo do Amor Trinitário a ponto de merecer o nome de "Igreja doméstica" pequena Igreja ou Igreja do lar. Queremos rezar a oração que seu Filho Jesus nos ensinou, para que nós pais, tomemos consciência que é a partir de nós, que a família será uma Igreja doméstica. Pai nosso...

Mãe: Mãe Santíssima, sabemos que a Igreja Doméstica, nada mais é que uma comunidade de pessoas de fé, esperança e amor, reunidas em nome de Deus, que celebra diariamente um culto à vida e ao amor, louvando a Deus, pelo amor de Cristo que os reuniu. Nosso lar torna-se Igreja Doméstica na medida em que seus membros se amam e transformam esse amor num sinal para o mundo. Hoje Mãe te suplicamos, que interceda ao seu Filho Jesus que nos conceda a graça de sermos como família, uma pequena Igreja. Ave Maria...

Filho: Senhor Jesus, que nossos pais sempre nos falem de Ti. Dessa maneira conseguiremos que Deus não seja considerado um estranho a quem se vai ver uma vez por semana à igreja, no domingo. Que Deus seja visto e tratado como é na realidade, também no meio do lar, porque, como o Senhor mesmo disse, onde estão dois ou três reunidos em meu nome, aí estou Eu no meio deles. E assim possamos hoje e sempre crer e professar nossa fé. Creio em Deus Pai todo poderoso...
Preparemos para receber a Bênção do Santíssimo Sacramento
Cantemos: Tão sublime Sacramento, adoremos neste altar / Pois o Antigo Testamento deu ao Novo seu lugar / Venha a Fé, por suplemento, os sentidos completar / Ao eterno Pai cantemos e a Jesus, o Salvador / Ao Espírito exaltemos, na Trindade Eterno Amor
Ao Deus Uno e Trino demos a alegria do louvor / Amém! Amém!
- Do céu lhes destes o Pão. - Que contém todo o sabor.
Oremos: Senhor Jesus Cristo, neste admirável Sacramento nos deixastes o memorial de vossa paixão. Dai-nos venerar com tão grande amor o mistério de vosso Corpo e de vosso Sangue, para que possamos colher continuamente os frutos da Redenção. Vós que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.
Obs.: segue as orações...

 “É quase impossível a quem leva vida eucarística ofender a Deus; a quem está em Presença do Santíssimo Sacramento permanecer no pecado; a quem serve o Deus de toda santidade não se tornar santo”.  São Pedro Julião Eymard

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Catecom - Catequese Diocese de Guanhães | Suporte: Blogger