2 de junho de 2013

O primeiro e fundamental chamado divino é a “grande vocação à vida”, o chamamento à existência.




Se eu não existisse, ninguém iria notar minha ausência; nem notaria a ausência de qualquer outra pessoa que não existisse. Mas, antes de eu existir, Deus já me conhecia e amava; por isso me chamou à vida: sou criatura sua. Cada pessoa é criatura de Deus, amada e convidada por Ele ao banquete da vida. A vida é, assim: o primeiro chamado de Deus, a primeira vocação.
            Se a vida já é vocação, devo-lhe uma resposta. Qual será a resposta que Deus espera de mim? Certamente a vida tem um sentido a descobrir, uma obra a realizar. E ninguém o faz em meu lugar. A primeira resposta ao chamado da vida é compromisso sagrado de quem a considera um dom de Deus confiado aos cuidados humanos. Colocar-se a serviço da vida já é responder a vocação.
            A vocação humana à vida é anterior à dimensão eclesial. O primeiro e fundamental chamado divino é a “grande vocação à vida”, o chamamento à existência. Deus chama-nos, antes de tudo, a ser pessoas humanas realizadas e felizes. Esse é um aspecto do chamado que diz respeito a toda à humanidade.
“Todos, na Igreja, são chamados para um determinado serviço. Somos um povo de servidores”. Devemos seguir os caminhos de Jesus servidor. Ele veio não para ser servido, mas para servir (Cf. Mc 10,45).


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Catecom - Catequese Diocese de Guanhães | Suporte: Blogger